Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


No ano passado, fui com uns amigos a uma festa de Halloween aqui na zona. A entrada era só 1€ e até nos divertimos. [Consequências de continuar amiga do meu ex-namorado: mascarei-me de pseudo-diaba e ele questionou-me sobre quem me havia posto os cornos; respondi-lhe que ele lá saberia a resposta.] Tirámos muitas fotos aparvalhadas e passámos um bom bocado.


Este ano, comecei a combinar com outros amigos ir a essa mesma festa, só que pelo dobro do preço - 2€ - porque, afinal, a crise toca a todos. Começaria às 22h. Ao fim da tarde, ainda ninguém tinha a certeza se iria. Então, caí em mim: eu nem gosto de festas. Eu nem gosto de sair à noite. Eu nem sequer me sinto capaz de ir procurar os disfarces aos confins de um qualquer armário cá de casa. Eu nem sequer estou a precisar de descansar até amanhã de manhã (momento em que atacarei novamente os livros) nem nada. Foi nesse glorioso momento que me apercebi da vontade que tinha em ficar em casa, debaixo do quentinho de muita roupa feia mas confortável, cabelo despenteado, a recordar os filmes do canal Disney Channel que me marcaram no princípio da adolescência com a minha vizinha-amiga, com quem os partilhei desde sempre. Anulei todos os planos atrás mencionados.


Meus caros, sou uma jovem que já se sente velha antes de deixar de ser nova. Mais uma vez, sou estranha... mas incrivelmente feliz. 


PROVA:



 Sim, já sei que sou horrível. E mais fotos não mostro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

No ano passado, fui com uns amigos a uma festa de Halloween aqui na zona. A entrada era só 1€ e até nos divertimos. [Consequências de continuar amiga do meu ex-namorado: mascarei-me de pseudo-diaba e ele questionou-me sobre quem me havia posto os cornos; respondi-lhe que ele lá saberia a resposta.] Tirámos muitas fotos aparvalhadas e passámos um bom bocado.
Este ano, comecei a combinar com outros amigos ir a essa mesma festa, só que pelo dobro do preço - 2€ - porque, afinal, a crise toca a todos. Começaria às 22h. Ao fim da tarde, ainda ninguém tinha a certeza se iria. Então, caí em mim: eu nem gosto de festas. Eu nem gosto de sair à noite. Eu nem sequer me sinto capaz de ir procurar os disfarces aos confins de um qualquer armário cá de casa. Eu nem sequer estou a precisar de descansar até amanhã de manhã (momento em que atacarei novamente os livros) nem nada. Foi nesse glorioso momento que me apercebi da vontade que tinha em ficar em casa, debaixo do quentinho de muita roupa feia mas confortável, cabelo despenteado, a recordar os filmes do canal Disney Channel que me marcaram no princípio da adolescência com a minha vizinha-amiga, com quem os partilhei desde sempre. Anulei todos os planos atrás mencionados.
Meus caros, sou uma jovem que já se sente velha antes de deixar de ser nova. Mais uma vez, sou estranha... mas incrivelmente feliz. 
PROVA:
 Sim, já sei que sou horrível. E mais fotos não mostro.

Autoria e outros dados (tags, etc)


LETRA:

"Se o país aguenta mais austeridade...?

Ai aguenta, aguenta... (bis)"

Autoria e outros dados (tags, etc)


<div class="saportecontainer saportepreserve" style="text-align: center;"><iframe src="http://www.youtube.com/embed/t7AWmgfV1Ys" width="425" height="344" frameborder="0"></iframe></div>
<div class="saportecontainer saportepreserve" style="text-align: center;"><strong>LETRA:</strong></div>
<div class="saportecontainer saportepreserve" style="text-align: center;"><strong>"</strong>Se o país aguenta mais austeridade...?</div>
<div class="saportecontainer saportepreserve" style="text-align: center;">Ai aguenta, aguenta... (bis)<strong>"</strong></div>

Autoria e outros dados (tags, etc)


je suis too sleepy

por BeatrizCM, em 31.10.12
Na prática do atletismo, recomendam-nos sempre que não comecemos logo desde o princípio da corrida a full gas, dando tudo por tudo, porque, mais cedo ou mais tarde, estaremos mas é a dar os bofes pela boca, sem termos chegado sequer a meio do percurso. O mesmo se deve aplicar ao estudo durante o ano lectivo. Eu não gosto muito de correr, a menos que seja atrás de uma boa nota a Educação Física ou me ache demasiado fora de forma, mas comecei a habituar-me a estudar quase todos os dias, o que me tem deixado de rastos, principalmente agora, que os testes começam a suceder-se uns aos outros e, os livros, a amontoarem-se em filas de espera. Só nesta última semana tenho notado mais no desgaste físico a que me tenho sujeitado: após acordar, só consigo trabalhar intelectualmente a 100% durante as três horas seguintes. Ora, eu passo cerca de dezasseis horas acordada por dia, durmindo outras sete ou oito, pelo menos, o que não rende muito. Ainda assim, como sou um bocadinho masoquista, continuo a acumular actividades: além do "banal" 12º ano e a necessidade de obter notas que me proporcionem uma bolsa de estudo para o primeiro ano da universidade, tenho aulas na Alliance Française uma a duas vezes por semana, sou animadora da Fórum Estudante, tenho uma banda com alguns colegas, dou explicações a um amigo, estou a fazer melhoria a Filosofia de 11º, ando a estudar para o exame de Inglês avançado, mantenho este blogue actualizado todos os dias e, mais recentemente, como sou pouco activa (que é como quem diz "salvem-me, sou viciada em trabalho"), assumi algumas responsabilidades no ainda-não-formado clube de Política do meu professor de Psicologia - até porque é algo que me interessa verdadeiramente e que acredito que me poderá motivar (mais). Parece que nunca estou satisfeita com o que já faço, o que me leva a este momento de exaspero, por mal ter tempo para escrever com a cabeça no sítio, sobre assuntos mais consistentes e susceptíveis de reflexão do que a minha alegre vida de workaholic. O "pior" é que, no final do dia, eu não seria tão feliz quanto sou se só me entregasse a metade daquilo a que me entrego. E pronto, sou feliz (ainda que, com esta tensão toda, a minha dor no pescoço tenha piorado).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/29



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Blogs de Portugal