Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

15

Eis um novo desafio a que me proponho! Da enorme quantidade de filmes em DVD que tinha cá por casa, escolhi os 15 que mais me agradaram pela sinopse e pu-los de parte, para os ir vendo durante as próximas semanas. Menos procrastinação, mais cultura cinematográfica!


1 - "Homens Que Matam Cabras Só Com o Olhar": já estou a ler o livro e só verei o filme depois de o acabar.

2 - "Matrix": já o devo ter visto, mas não me lembro muito bem da história.

3 - "Matriz Reloaded": idém.

4 - "Matriz Revolutions": aspas, aspas.

5 - "Bom Dia, Tristeza": há uns meses atrás, comecei a ler o livro em Francês, ou seja, na sua versão original. Infelizmente, na altura andava em tempo de testes e acabei por devolvê-lo na biblioteca. Talvez o filme me dê motivação para o voltar a trazer para casa.

6 - "A Última Legião": um pouco de História, um pouco de ficção e aventura. Promete!

7 - "Parnassus, o homem que queria enganar o Diabo": o último filme do Heath Ledger, com outros actores de que não desgosto (Jonny Depp, Jude Law, Christopher Plummer, ...). Cheira-me a fantasia e a intriga.

8 - "Homem de Ferro": inspirado num herói da Marvel?! Tenho de ver!

9 - "Homem de Ferro 2": ... e, quem vê um, vê dois.

10 - "Drácula 2001": quando os vampiros ainda não brilhavam e eram os maus da fita.

11 - "X-Men": in the mood for Marvel.

12 - "X-Men 2": já agora...

13 - "Slipstream": com o Anthony Hopkins a assumir o papel de protagonista, deve valer a pena. Além disso, o enredo parece-me fantástico (um escritor cujas personagens que cria começam a tomar vida).

14 - "O Ilusionista": na contracapa, bastou-me ler duas palavras para me render - realidade e magia.

15 - "Cyrano": amor, confusões no amor, história de outra época, de nacionalidade francesa, com o Gerard Dépardieu... Porque não?


E, como não poderia deixar de ser, hei-de escrever uma pequena crítica sobre cada um deles. Portanto, esperem só um bocadinho, que hoje ainda sou capaz de ver o "Matrix" (afinal, os professores de Filosofia recomendam-no, sempre que se referem às teorias cartesianas, e amanhã tenho teste sobre essa matéria!).

2 comentários

Comentar post