Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

um nada demasiado profundo

 


   


    O nada que outrora quis sentir, não o quero mais! É um vazio com que não consigo lidar, uma insana falta de dor que me arrasta pelas noites, acordada. Ou a dormir, até, num sono sem sonhos, sem esperança de viver outra realidade que não esta, que me faz chorar por dentro, enquanto, por fora, ficam as aparências. Eu estou bem.


   E se não estiver? Ninguém mo pergunta. Para quê, se a resposta será sempre, sempre um vago sim, sim, tudo óptimo. Tudo vazio.


   Quero voltar a sentir com emoção, sorrir ao coração e sorrir às pessoas, agarrando a vida e vivendo-a, em vez de ser ela a viver-me a mim.