Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

haja pão!

Adoro pão com pão: pão sem manteiga, pão sem carnes frias, pão sem queijo, pão sem doce, pão sem nada. Pão apenas com a sua quente frescura de quem acabou de sair do forno. Pão que fazemos saltitar nas mãos, porque queima. Pão cuja côdea estala quando o trincamos, pão cujo miolo tenro gostamos de saborear - a melhor dicotomia gastronómica de sempre. Quais croissants, quais bolos! Eu quero é pão... mas só se for com pão. São preferências à medida da crise. E até me costumam dizer que a minha trisavó tinha a mesma mania. Já me está nos genes!

haja pão!

Adoro pão com pão: pão sem manteiga, pão sem carnes frias, pão sem queijo, pão sem doce, pão sem nada. Pão apenas com a sua quente frescura de quem acabou de sair do forno. Pão que fazemos saltitar nas mãos, porque queima. Pão cuja côdea estala quando o trincamos, pão cujo miolo tenro gostamos de saborear - a melhor dicotomia gastronómica de sempre. Quais croissants, quais bolos! Eu quero é pão... mas só se for com pão. São preferências à medida da crise. E até me costumam dizer que a minha trisavó tinha a mesma mania. Já me está nos genes!

Sapo vs. Blogger

Ao longo da minha vida blogosférica, já criei para lá de cinco blogues, sendo este mesmo em que vossas excelências se encontram o que tem sobrevivido durante mais tempo (quase um ano e meio). Entretanto, fui alojando-os, à laia da experiência, ora no Blogger, ora no Sapo, ora no Wordpress. Este último é uma porcaria e não o recomendo a ninguém, a menos que gostem de um bom e complicado desafio, porque Wordpress que se preze é isso mesmo: complicado. O Blogger não é mau; no entanto, quando criei o "Procrastinar", ainda só tinha o meu computador velho, lento que só ele, e tudo o que era sistemas do Google ainda o enfermizava mais, daí ter escolhido o Sapo, que sempre me parecia algo mais ligeiro. Porém, agora que já tenho um computador capaz de executar qualquer tarefa com eficiência, vejo-me inclinada entre as duas plataformas, Sapo ou Blogger, Blogger ou Sapo. Cada um deles tem características igualmente apelativas e, certamente, os seus inconvenientes também. O que menos me atrai no Sapo é a escassez de blogues de qualidade, em comparação ao Blogger; o que mais me atrai é a possibilidade de ser destacada na página inicial, como já tem acontecido. O que menos me atrai no Blogger é o sistema de publicação e edição; oque mais me atrai é a quantidade de pessoas que lá circula, ou seja, promissores seguidores. Se repararem, todos os blogues com número de seguidores para lá de mil estão alojados no Blogger, e a sua visibilidade parece-me, no geral, bastante grande. Por pouco não tenho cedido a uma mudança, ainda por cima tendo descoberto recentemente as maravilhas da importação e exportação de blogues (que ainda não sei como efectuar). 

No meio deste indecisão toda, penso que, um dia destes, vou definitivamente procrastinar para outros lados. O mais difícil será arranjar um novo URL de jeito, visto ter sido parva o suficiente para arranjar um nome blogosférico cheio de acentos.

(Texto escrito quando o blogue se encontrava alojado em http://beatriizhelena.blogs.sapo.pt .)

dos outros #14

"Vais ter sempre gente que vai dizer mal das tuas paixões. A verdade é que parte deles, no íntimo, vai desejar que tu falhes. [...] Na pior das hipóteses vais-te embora deste mundo sem um grande arrependimento. E uma das maiores vantagens é que não te tornas no tipo de pessoa que não compreende quando alguém te fala do que é capaz de fazer por aquilo em que acredita."

Blogue O Mundo Hipotético dos Ses

Sapo vs. Blogger

Ao longo da minha vida blogosférica, já criei para lá de cinco blogues, sendo este mesmo em que vossas excelências se encontram o que tem sobrevivido durante mais tempo (quase um ano e meio). Entretanto, fui alojando-os, à laia da experiência, ora no Blogger, ora no Sapo, ora no Wordpress. Este último é uma porcaria e não o recomendo a ninguém, a menos que gostem de um bom e complicado desafio, porque Wordpress que se preze é isso mesmo: complicado. O Blogger não é mau; no entanto, quando criei o "Procrastinar", ainda só tinha o meu computador velho, lento que só ele, e tudo o que era sistemas do Google ainda o enfermizava mais, daí ter escolhido o Sapo, que sempre me parecia algo mais ligeiro. Porém, agora que já tenho um computador capaz de executar qualquer tarefa com eficiência, vejo-me inclinada entre as duas plataformas, Sapo ou Blogger, Blogger ou Sapo. Cada um deles tem características igualmente apelativas e, certamente, os seus inconvenientes também. O que menos me atrai no Sapo é a escassez de blogues de qualidade, em comparação ao Blogger; o que mais me atrai é a possibilidade de ser destacada na página inicial, como já tem acontecido. O que menos me atrai no Blogger é o sistema de publicação e edição; oque mais me atrai é a quantidade de pessoas que lá circula, ou seja, promissores seguidores. Se repararem, todos os blogues com número de seguidores para lá de mil estão alojados no Blogger, e a sua visibilidade parece-me, no geral, bastante grande. Por pouco não tenho cedido a uma mudança, ainda por cima tendo descoberto recentemente as maravilhas da importação e exportação de blogues (que ainda não sei como efectuar). 

 

No meio deste indecisão toda, penso que, um dia destes, vou definitivamente procrastinar para outros lados. O mais difícil será arranjar um novo URL de jeito, visto ter sido parva o suficiente para arranjar um nome blogosférico cheio de acentos.

dos outros #14

"Vais ter sempre gente que vai dizer mal das tuas paixões. A verdade é que parte deles, no íntimo, vai desejar que tu falhes. [...] Na pior das hipóteses vais-te embora deste mundo sem um grande arrependimento. E uma das maiores vantagens é que não te tornas no tipo de pessoa que não compreende quando alguém te fala do que é capaz de fazer por aquilo em que acredita."

Blogue O Mundo Hipotético dos Ses