Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Blogger ausente, por muito que tente

Infelizmente, os meus piores pesdelos blogosféricos estão a tornar-se realidade: raramente tenho tempo (ou disponibilidade mental) para cá vir escrever. Nem para vir ao blogue, nem para muitas outras actividades desta minha vida humana... Mas o blogue? Nunca pensei. É que, sendo o meu trabalho REMUNERADO escrever, as palavras começam a faltar para o trabalho de lazer. Sei lá, fico assim meia perdida. Estou a tornar-me num daqueles autores de blogues que tanto repudiava quando não escreviam tão frequentemente quanto eu esperava deles. Deves ter uma vida muito ocupada, deves... Porque é que nunca mais escreves, caramba??? Deixa-te de coisas e começa a escrever mais, oh tu que tens um blogue não sei bem para quê!

Estão a entender o meu problema existencial?

 

Nunca vi os Óscares

Tenho dito: nunca nesta vida ou noutra qualquer assisti a uma única gala dos Óscares. Sei lá, fico um bocado entediada. Um bocadão! Acho que, se a minha vontade for ver os vestidos, basta ir à Internet no dia seguinte - o mesmo se aplica ao resto da cerimónia, diga-se de passagem. Ou, então, gravo a emissão e assisto aos momentos que mais me interessam quando acordar, porque eu nem para estudar faço directas, quanto mais por causa dos Óscares.

Eu sei, vocês devem pensar que me falta um pedaço de alma, porque eu detesto entregas de prémios. Antes até via partes dos VMAs e dos MTV Music Awards, mas comecei logo a achar que era uma perda de tempo (algo que não posso desperdiçar nos dias que correm, nem que seja para dormir).

Acho que o mundo nem sequer ficaria mais colorido se eu me pusesse para aqui a comentar as célebres indumentárias ou o facto de o Leonardo DiCaprio ainda não ter ganho nenhum Óscar (o que, já agora, é um ultraje!). Nem eu me sentiria mais completa se o fizesse. Quando muito, iria ser gozada por só ter visto um ou dois dos filmes nomeados e por falar do que não conheço.

Por isso, reservo-me ao silêncio da ignorância, compreendo que existam imensas pessoas que fazem dos Óscares uma tradição anual, mas ela a mim não me convence. Mas vocês continuem a escrever sobre o assunto, porque, apesar de tudo o que referi, até gosto de me manter informada!

"No Limite" - a série sem vergonha

 

Ainda não conhecem a série "Shameless"ou "No Limite"? COMO ASSIM, NÃO CONHECEM?

Estou a brincar... Eu também só a comecei a seguir há poucas semanas, e já na terceira temporada, que está a ser transmitida na Fox Life. Acho que, por alto, já tinha ouvido falar dela, mas não liguei às recomendações. Ainda por cima, quando a comecei a ver, pensava que era apenas mais uma série porca e sem interesse, tudo o que ela não é. 

Se tem muito sexo (violento)? Se quase todas as personagens com idade superior a 13 anos bebem, fumam, consomem droga e são depravadas de primeira? Sim, isso é certo. No entanto, estas são apenas algumas características de um enredo que envolve muito mais do que se imagina. Afinal, é impossível esquercermo-nos do amor incondicional entre irmãos, da imperfeição das famílias desfavorecidas e desfeitas que, mesmo assim, se conseguem erguer do meio da sua miséria e singrar na vida, do quanto o mais valioso que temos são as pessoas que amamos e um tecto debaixo do qual se possa construir um lar, por muito caótico que ele seja...

Mesmo que os Gallagher tenham nascido de uma mãe bipolar e ausente e de um pai bêbedo e drogado, são os irmãos mais unidos de Chicago e arredores. Tomam conta de si próprios com a ajuda da irmã mais velha, Fiona, e vão crescendo e tornando-se indivíduos íntegros, bem sucedidos e felizes (espero eu, pelo menos).

E pronto, eis os ingredientes para uma série divertida, dramática, de chorar a rir ou de rir a chorar: "No Limite". Caso tenham ficado interessados, consultem a programação da Fox Life ou assistam às mini-maratonas de fim-de-semana todos os Sábados, à hora de almoço.

 

Trailer da temporada 3:

 

Pág. 3/3