Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Bicheza urbana nos transportes públicos

Normalmente, as pessoas já se comportam como bichos nos transportes públicos. Em dias de chuva, então, todo o seu potencial selvagem ganha outro significado, toda uma nova dimensão. Empurram, dão cotoveladas, dão pontapés, dão rabadas - é uma alegria. Neste caso, é a minha tristeza. Com os meus 50kg, nem o metro e sessenta e nove que tenho me salva. Como se não bastasse, tenho ar de miúda e, provavelmente, de quem não faz mal a uma mosca (ainda assim, as aparências podem iludir!) Ninguém me respeita nos transportes públicos, ninguém respeita o meu espaço pessoal e, por isso, sofro horrores e traumas cada vez que ando de Metro ou de autocarro (vá lá, que até me salvo no comboio, mas é só porque entro sempre na primeira ou numa das primeiras paragens dos trajectos). Ou seja, basta andar de Metro ou de autocarro em hora de ponta para ser albarroada por toda uma panóplia de bichos urbanos, mas nem por isso menos selvagens, de todos os tamanhos, feitios, etnias, estratos sociais...