Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

a coisa poderia estar mais negra

Tal não foi o meu espanto quando, hoje de manhãzinha, pegando nos livros e pousando lá a minha rica vista, muito decidida a estudar como gente grande, concluo que até tenho boa memória - ou que a preparação para a primeira fase foi feita em condições! Tudo me ressurgia na mente, como se tivesse passado a última quinzena a marrar nas mesmas páginas, sem ter vida pessoal. Para bem dos meus pecados, não me esqueci de quase nada da matéria de MACS, durante este entretanto desde o fim de Junho. Lembro-me de como resolver a maior parte dos exercícios e, novidade-novidade, começo a crer piemente que o único problema do raio do exame foi ter sido tão longo (sete páginas). Prefiro acreditar que aquilo não era assim tão difícil, excepto o exercício em que era suposto descobrirmos a dimensão mínima da amostra (o pessoal de Humanidades sabe do que falo). Provavelmente, se nos tivessem dado mais meia hora, eu ainda chegava ao meu tão desejado 16,5 e não teria de estar, neste momento, preocupada com um novo exame. O meu apelo final ao GAVE: não nos lixem outra vez a vida com uma prova a metro, porque isso não seria provar que o ensino em Portugal é de excelência (cof) - seria provar, somente, que estamos num país liderado por otários, educando e formando jovens para a otariedade generalizada.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.