Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Eu reservo-me ao direito

A autora deste blogue reserva-se ao direito de procrastinar o tempo que lhe apetecer, quando lhe apetecer (excepto em dias úteis de período escolar, pronto…).

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de não obter culpas no cartório se algum dos seus leitores procrastinar mais do que deve e acabar por não fazer nada da sua vida.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de não adoPtar o Acordo Ortográfico, porque ele parte de um acordo político e não da evolução natural da língua portuguesa.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de incentivar ao gosto pela leitura e pela literatura em publicações do tamanho de elefantes.

 

[Já agora, a autora deste blogue reserva-se ao direito de não chamar posts às malditas publicações.]

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de fuzilar telepaticamente quem quer que seja que não valorize o Saramago (ou qualquer outro vulto de semelhante ou aproximada envergadura) ou que ache que o suprassumo da literatura mundial é a Margarida Rebelo Pinto, a Nora Roberts, o Nicholas Sparks ou a Stephenie Meyer (antes não gostar de ler, vade retro!).

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de responder sarcasticamente aos comentários de leitores mesquinhos.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito, por outro lado, de exaltar as inumeráveis qualidades dos seus leitores fofinhos – são todos muito boa gente e a autora deste blogue nutre por eles um enorme carinho e respeito.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de aqui mencionar muitas vezes os seus amigos, que são assim qualquer coisa fora do comum e ela adora-os.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de venerar por escrito o senhor seu namorado e de apregoar o quanto o ama, em qualquer altura ou circunstância, porque ele é, de facto, uma criatura fantástica. A autora deste blogue pede desculpa se perturbar algum leitor forever alone e deixa-lhe, desde já, os maiores desejos para que encontre um par igual ao seu num futuro próximo.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de ouvir música pop, critiquem ou não, A autora deste blogue gosta de quase tudo, exceptuando dubstep e música techno, desde música clássica ao Eminem, passando pelo country e isso jamais mudará (isto é uma indirecta para a pessoa mencionada no parágrafo anterior, se é que ele me entenda).

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de relatar “o mais ínfimo pormenor” da sua vida escolar whenever she wants to, e de se lamentar de como é árdua a vida de estudante.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de gostar da escola, e até de estudar, desde que não seja em quantidades industriais, uma vez que isso destrói o ego, a criatividade e, principalmente, os miolos.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de exibir as prendas que por vezes lhe oferecem e os livros, sapatos e roupas que compra com o seu próprio dinheiro.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de se vangloriar por ganhar algum dinheiro legitimamente seu através dos prémios literários que vai arrecadando.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de escrever e publicar textos lamechas, se for isso que tem vontade de fazer.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de praguejar em contextos de revolta, tristeza ou quotidiana palermice.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de começar a incluir temáticas mais promíscuas nas suas intervenções.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de ter como referências A Pipoca Mais Doce e a Ursa Pólo Norte – ela mesma gostaria de se tornar um misto das duas no mundo blogosférico.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de se queixar, de quando em vez, da sua falta de inspiração.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de partilhar com os seus leitores as suas ansiedades e expectativas de vida.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de publicitar outros blogues do seu agrado (não tão bons quanto o seu, mas… ela está a brincar, ok??).

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito (e dever!) de responder à maioria dos comentários que recebe, sendo tal actividade uma das suas preferidas na procrastinação assistida por computador.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de publicar fotos das suas pernas e pés, enquadrados numa qualquer actividade de lazer, só para fazer espécie (de tipo saudável, atenção) aos seus leitores.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de festejar quando o seu blogue aparece nos Recortes ou nos Destaques dos Blogs do Sapo.

 

A autora deste blogue reserva-se ao direito de escrever listas como esta, para melhor informar os seus leitores acerca das suas tendências procrastino-blogosféricas.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.