Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Manifesto de uma universitária recém-nascida

Gosto mesmo de ser universitária, gosto muito! É certo que só o sou há cerca de dois dias, mas acho que já foram suficientes para me deixarem entender que isto já não se compara ao ensino secundário – decadente, desencorajador, ineficiente na real aprendizagem e desenvolvimento do espírito crítico, prestando-se mais a empinanços de matérias e mais matérias, umas sobre as outras, segundo critérios de avaliação rígidos, pouco propícios ao cultivo de capacidades como as da imaginação ou da reflexão.

Já tive uma aula de cada cadeira deste semestre. Cada professora (todas as cinco são mulheres) há-de ter, eventualmente, os seus defeitos enquanto docente, mas, até ao momento, a motivação que mostram já me deixou também bastante receptiva aos três meses que se seguem.

Essa é outra – apesar de se chamarem semestres, os dois períodos universitários são constituídos, aproximadamente, por três meses. Os restantes seis meses do ano são preenchidos ou por avaliações ou por férias. Temos um tempo muito limitado para a aquisição dos conhecimentos a que todas as aulas nos obrigam, mas eu sei que vai valer a pena.

Vai valer a pena!

Por fim – ao fim de muito tempo – sinto-me com vontade de trabalhar e de estudar e de fazer o que me é pedido. Por fim, identifico-me com o sistema de ensino. Por fim, sinto-me como um peixe dentro de água, no meu elemento.

Gosto de tudo o que é suposto fazer – ler, reflectir, ler, trabalhar, ler, discutir. Ler, ler, ler. E falar e pensar. Gosto tanto. Gosto, gosto, gosto!, é o que me apetece dizer a toda a hora. Ou melhor: adoro. Pelo menos, até agora, mas os prenúncios são animadores.

Acho que não me vou dar mal na faculdade.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.