Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

O príncipe "resgatador"

Fez-se uma série-documentário sobre os resgates “arriscados” do Príncipe William enquanto piloto da força aérea britânica, mostrando, nomeadamente, o resgate que prestou a uma criança que se meteu em sarilhos ao brincar com os amigos. Uau. Não me digam que também o filmaram a apanhar um gato do cimo de uma árvore! A sério, ainda matam o herdeiro da coroa inglesa, watch out!
Ehn. Para mim, o príncipe William é um homem demasiado seboso e sonso para que mereça o meu respeito enquanto futuro monarca de um dos reinos mais célebres da Europa. Tem um arzinho muito débil, simultaneamente presunçoso e calculista – tal como a mãezinha dele, a princesa Diana. Atirem-me lá pedrinhas, mas o homem é um franganote (e está a ficar careca, brrr). Anda o irmão mais novo, o príncipe Harry (ruivo e podre de giro, charmoso q.b.), no meio dos confrontos do Afeganistão, participando ininterruptamente em missões eufemisticamente perigosas, e sua alteza diverte-se a ser a estrela do seu próprio documentário sobre “trivialidades”… Haverá maior exemplo para o povo inglês? Será que ainda farão um reality show sobre os dramas da gravidez da Kate, sobre a sua vida de futura mamã real?
Compreendo que, actualmente, se aprecie bastante o jornalismo sensacionalista, cujo objectivo não é destacar a matéria ou o sujeito sobre o qual se fala, mas sim criar audiências e mediatismo. Porém… não estarão a passar os limites do aceitável? Digam-me vocês.

4 comentários

Comentar post