Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

RIP Facebook Messenger For Windows

Não sei se já repararam, mas alguém decidiu acabar com a aplicação do Facebook Messenger para o ambiente de trabalho do computador. Grandes sonsos! Agora tenho de ter o próprio Facebook ligado no browser para falar apenas com uma ou duas pessoas? Já não chegava terem-me tirado o meu grande amor tecnológico, MSN da minha pré-adolescência? SONSOOOOOS! PATIFES! Uma pessoa pensa que pode confiar na tecnologia e depois NÃO, MORTE ÀS APLICAÇÕES QUE DÃO REALMENTE JEITO e 'bora criar Flappy Birds e mais versões falhadas de anti-vírus para smartphones! Um dia destes acordo e já nem Google Chrome me resta, só um Internet Explorer todo ranhoso, é que estou mesmo a ver.

Ah e tal, a partir de dia 3 de Março de 2014 o Facebook Messenger já não vai funcionar, lamentamos o inconveniente e blá blá blá. Raios parta o WhatsApp, mas quem é que usa essa grande caquinha? Viram o que fizeram, viram???! E agora, como é que eu falo com a minha gente do coração sem ser bombardeada pelas notificações e pelo (nada fascinante, mas muito tentador para procrastinar) mural de actualizações?

 

 

RIP Facebook Messenger for Windows. Partiste cedo, mas deixas boas memórias, nem que seja até à próxima invenção.

"Noël Parfumé, par Beatriz"

Para os mais desinformados que não me acompanham no Facebook...

 

Recebi, ao todo, três perfumes, de entre seis presentes de Natal. 3/6=1/2. Não é preciso ser-se um ás nos números para perceber que metade das minhas prendas diz que eu cheiro mal, mais precisamente 150ml de "eau de toilette", de cujos aromas eu até gostei - mesmo só por acaso, que eu sou daquelas pessoas esquisitinhas que não tolera aromas X e Y e Z - mais 150ml de desodorizante, caso eu insista em ser demasiado humana e transpirar insustentavelmente as minhas estopinhas. No entanto, segundo novas resoluções antecipadas para o ano de 2014, tanta perfumaria há-de me ser útil, porque decidi que vou abandonar o meu modo de vida sedentário de ocupante frequente da biblioteca, da cama ou do sofá e dedicar um par de horas por semana ao ginásio, almejando a uma figura mais esbelta e que não transmita tanto os-meus-músculos-são-os-de-uma-velha-de-90-anos. E, não obstante, cheira-me (ah ah ah, cheira-me) que me sobrará perfume o suficiente para não precisar de tomar banho até à Páscoa.

Este blogue e respectiva autora estão nas redes sociais

https://www.facebook.com/procrastinartambemviver

 

 

 

 

http://www.goodreads.com/user/show/12656236-beatriz-canas-mendes

 

 

 

http://ask.fm/beatriizhelena

 

 

Seria impensável não ter uma página de Facebook dedicada ao blogue, nem que seja só para publicar pensamentos fugazes que não se justificaria aparecerem aqui.

Também seria impensável uma Leitora Hiperactiva Anónima (LHA) como eu não estar inscrita no Goodreads nem ter estabelecido um Reading Challenge.

Quanto ao Ask, raramente lá vou, mas nunca me fizeram nenhuma pergunta indecente, e todas as que recebo parecem vir de pessoas simpáticas e bem intencionadas, além de que encontrei por lá algumas pessoas dos blogues. Portanto, até prova em contrário, não tenho razão de queixa.

 

Apareçam!

Temos caloira!

 

Não, eu não vou agradecer a Deus, como vejo muitos a fazer em pleno Facebook, não vou dizer que tive de percorrer um caminho ultra-hiper-mega difícil e tortuoso até entrar neste curso, mas vou continuar a efectuar, em conjunto com o meu ilustre namorado, copy-paste de todos os nomes de pessoas que conhecemos na nossa escola secundária directamente da pauta do exame de Português para a página da DGES. Também já pesquisei as colocações de todos os ex-colegas de cujo nome completo ainda me lembro. Ora, muitos parabéns a todos, a mim também (lá no fundo, mesmo bem no fundo, eu até mereço) e, para os que não conseguiram alcançar o seu objectivo, deixem lá, que na 2ª fase há mais... Ou para o ano. Ou para o outro. Ou algures num futuro de curto a longo prazo. (O que importa é ser-se optimista!)

Começa a febre do F5

F5.

F5.

F5.

 

F5. F5. F5.

F5, F5, F5, F5, F5, F5, F5!!!

 

 

Começa a febre do F5. Nunca a tecla utilizada para actualizar as páginas da Internet conhece tanto fragor e violência durante toda a sua plástica vida como neste célebre dia para muito boa (e má) gente - o dia em que se sabe quem foi colocado em primeira fase no ensino superior. O dedo indicador escorre suor, a testa escorre suor, o pescoço e os sovacos escorrem suor, porque o pessoal fica completamente marado do juízo, consciente de que, em poucas horas, tomará conhecimento acerca do seu destino para os próximos 3 a 5 anos. Não interessa se até se candidataram com uma média final mais, ou menos, confortável, não interessa se sentem ou não remorsos por não terem trabalhado o suficiente durante o secundário: a febre toca a todos e, agora, é tarde demais para chorar sobre o leite derramado. Bate-se com a cabeça nas paredes, coçam-se os braços até à ferida, roem-se unhas e batem-se pés no chão, mas, vamos ser sinceros, não vale a pena andarmos nesta ânsia que nos consome e faz adoecer. Só faltam umas horas! Até se compreendem aqueles casos em que "não deu para mais", em que se fez o que se pôde, e em que, ainda assim, ser (quase) o último colocado é a única hipótese de se entrar no curso de eleição. Nos restantes casos... eh pá, vão tomar um Xanax e um chá de camomila, meus caros! Mais pensamento positivo e menos paniquices! Metam a cabeça fora da janela e inspirem fundo, que isto há-de correr pelo melhor...

 

 

Pessoalmente, custa-me muito acreditar que eu não entre na minha primeira opção. O último colocado de Ciências da Cultura na FLUL costuma ter entre 13 e 14 valores de média de entrada e a minha nota de candidatura é 17,4. Não vou começar já a fazer a festa, não se dê um cataclismo qualquer de meia-tigela e os geniais colocados deste ano, com vintes, dezanoves e dezoitos, sejam os Einsteins das letras e humanidades de amanhã, mas também não vou enterrar-me em stress por coisa nenhuma.

Sim, vou esperar pelos resultados, vou fazer alguns F5 e, por fim, hei-de abrir a página da DGES com o coração nas mãos.

Cheia de adrenalina.

Cheia de expectativa.

Cheia de alívio.

 

Contudo, o que mais me vai interessar são os printscreens dos resultados dos outros no Facebook, porque, afinal, eu sou uma coscuvilheira invetereda que acha que, se eles também se lambuzam com a minha vida através das redes sociais, eu também possuo o pleno direito de satisfazer a minha curiosidade de velha. Oh, e gosto pouco, gosto... Desculpem lá qualquer coisinha...

 

 

 

 

Meh, quero lá saber - boa sorte a todos! =)

Nostalgia...? Nem por isso, obrigada.

Sim, eu já fui uma daquelas miudinhas pré-adolescentes super-hiper-mega irritantes que clamam aos sete Facebooks que a festinha da santa terrinha onde vivem foi O MÁXIMO, UMA DAS MELHORES NOITES DA SUA VIDA, MONTES DE DIVERTIDA!!!!, e depois tagam os amiguinhos todos nessa actualização de estado.

E foi triste, principalmente porque eu, com a idade delas, nem a essas festarolas ia, muito menos tinha "amigos" (destaque para as aspas) ou Facebook (tinha hi5, que era bem pior).

 

Ainda bem que essa época já não volta, é só o que tenho a dizer.