Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Como concretizar todas as ideias que nos aterram na cabeça?

Ultimamente, parece que a minha cabeça anda a mil. Se de vez em quando lá vêm dias em que nem me apetece levantar da cama, noutros nem consigo adormecer, tal é o ruído cerebral gerado pela combustão de ideias, projetos, questões por resolver - e obviamente que toda a gente concorda que as 3 da manhã são as novas 4 da tarde para quem se vê consumido por tal trabalho mental, tardio e temporariamente despropositado, ainda que sempre bem-vindo.

 

Estava eu a dizer que isto me tem acontecido ultimamente. De repente, parece que há tanto por fazer no mundo, e por que raio não hei-de ser eu a fazê-lo, entre tantos biliões de gente? Claro que não sonho em ser eu a erradicar a fome mundial, nem a encontrar cura para o cancro, mas, dentro do meu expectro de conhecimentos e acção, parece que a minha irmã gémea hiperactiva tomou conta das minhas vontades e me quer puxar para todo o lado a fazer dezenas de coisas ao mesmo tempo (infelizmente, ainda não se estendeu ao trabalho semestral que tenho de entregar até ao próximo fim-de-semana, mas até lá não perderei a fé de que irei ser socorrida pela urgência do prazo; também é pena esta irmã gémea ter semelhante preguiça de ir ao ginásio, o que até se justifica, porque parece andar demasiado ocupada a apagar fogos bem longe da mencionada infraestrutura).

 

E como concretizar todas as ideias que nos aterram na cabeça? Isso é que eu adorava saber, pelo menos enquanto as que tenho agora não são vorazmente substituídas por outras.

 

Por hoje é só isto, que tenho de ir dormir. No entanto, se não tivesse de o fazer, tenho a certeza de que este texto se alongaria em longas e filosóficas reflexões. Será dos pólens? Fiquem por aí para o próximo, aposto que não tardará.

2 comentários

Comentar post