Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Follow Friday: O meu Caderno de Produtividade

Servem as seguintes linhas para justificar por que ando a seguir um blogue recente, chamado O meu Caderno de Produtividade, da autoria doutra Beatriz (só pode ser boa pessoa!). A Beatriz fala dos métodos de gestão de tempo que tem adoptado, fala do seu trabalho e deixa aos leitores algumas sugestões. Ainda tem poucos textos por lá, mas vou continuar a acompanhar o desenvolvimento do blogue! Quem está comigo?! 

 

E por que gosto eu de blogues e pessoas que me inspirem a adoptar melhores métodos de produtividade? 

 

Cada vez tenho mais a sensação de que sou péssima a gerir o meu tempo e cada vez mais adoro ler e ouvir sobre como outras pessoas o fazem.

 

Eu sei que pode ser só, de facto, uma sensação. Na verdade, sempre consegui ir fazendo tudo e mais alguma coisa e, pelos vistos, bem. Mas a outra verdade é que, nos últimos tempos, tenho decidido não fazer dos meus dias meras repetições do padrão trabalho-casa-aulas-casa-trabalho-aulas e suas respectivas variações, o que pede alguma flexibilidade, disciplina e organização. Durante a licenciatura e o primeiro ano a trabalhar, reduzi imenso a parte social, de estar, de confraternizar, de conhecer pessoas novas, em prol duma vida académica e profissional muito intensas e simultâneas (isto sempre aconteceu, mas o segundo e terceiro ano do curso foram uma correria) e mesmo de parar para respirar e fazer nicles. Na altura, também ajudou o facto de confiar que as relações pessoais estavam asseguradas e a maioria dos meus amigos estava a passar pelo mesmo. Ninguém tinha realmente muito tempo disponível para gastar, ou estudávamos todos perto uns dos outros, tal como morávamos num raio de três quilómetros, excepto um ou outro caso. 

 

No entanto, em 2018, as coisas mudaram. Agora, os meus amigos e o meu namorado moram quase todos na outra margem, em zonas tão distantes quanto Oeiras ou a Alameda. E, sim, eu também trabalho e estudo na outra margem, mas tenho inevitavelmente de regressar à minha, a menos que haja a possibilidade de pernoitar na casa de alguém. Tudo isto, de ir e vir diariamente, ou ficar longe de casa até tarde, acaba por me consumir imenso tempo e energia. 

 

Além disso, eu tenho um problema: nunca estou completamente satisfeita com os meus resultados, a mediocridade não é suficiente, tento sempre puxar o elástico mais um bocadinho, meter uma formação pelo meio, mais um cliente ou aluno, mais um projecto pessoal, mais um plano... O que, mais uma vez, pede de mim disciplina que me falta, nem que seja para dizer não a mais sarna para me coçar. 

 

Portanto, nos próximos meses quero trabalhar a gestão do meu tempo: fazer mais em menos tempo e estar disponível para estar com toda a gente, sem me cansar tanto quanto ultimamente. Como já referi aqui, sigo ainda mais uns podcasts sobre ser feliz e procurar um certo equilíbrio psicológico. Se tiverem mais sugestões, adorava conhecê-las! A ver se melhoro o meu próprio caderno de produtividade... A ver se domino o caos. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.