Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

"Mais vale só do que mal acompanhada"? Ou não?

Sou muito individualista e, na maior parte das vezes, prefiro trabalhar sozinha, para o bem e para o mal. Não é que me importe de trabalhar em grupo, mas acho-o muito mais confuso. Prefiro mil vezes ter a liberdade de agendar o meu tempo dependendo apenas de mim; já nem falo da partilha obrigatória de ideias, porque com essa vivo eu muito bem e respeito-a imenso. Lá está, acho que o maior problema é ter de depender de outras pessoas, que é uma coisa que eu detesto com todas as minhas tripas. Como disse, para o bem e para o mal, o melhor é mesmo estar por minha conta. Se os outros fizerem porcaria, não tenho de me responsabilizar. Se eu fizer porcaria, mais ninguém terá de ser responsabilizado. Simples, não é?

Por isso, quando não há alternativa senão trabalhar em grupo, que seja com pessoas que se comprometam e que consigam trabalhar individualmente, para que o grupo possa beneficiar em conjunto. Se o grupo se organizar e trabalhar de maneira eficaz, vale a pena. O pior é ser raro encontrar um grupo assim. Digo eu.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Gabriela Ferreira 17.03.2014 20:32

    Saliento ainda que embora goste de ficar com o trabalho "todo" não me importo de partilhar louros, quando trabalho assim, estou a trabalhar para o grupo em geral e ele normalmente contribui, mas se há um elemento que se encosta ao trabalho dos outros sou menina para dizer isso aos professores.
  • Imagem de perfil

    BeatrizCM 19.03.2014 22:03

    Não mudaria nada do que foi dito!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.