Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Monitora X

Daqui vos fala a Monitora X, agora com nome e rosto, cujo grupo de meninos foi seleccionado de modo à Monitora X, ainda desconhecida, ficar com os mais calminhos, mais queridinhos, menos traquinas, menos barulhentos, que fazem do meu trabalho ir só passear com eles, como se eu fosse mesmo da malta, até porque ontem não tinham mais t-shirts cor-de-laranja do staff e tive que levar uma vermelha, como a dos participantes. Depois, calharam-me os estagiários mais simpáticos de todo o sempre, que até tomaram conta dos meus meninos enquanto a "Monitora X" não aparecia, anteontem, porque a primeira monitora deles conseguiu arranjar um emprego com maior validade do que este mês de Julho. Calharam-me duas Inêses, porque a minha vida não é nada sem umas quantas Inêses, por regra boas pessoas, e todos os outros que me calharam, todos os outros 10 que já conheci ontem (mais os 3 que faltaram, espero) são miúdos que não dão problemas e que, desde o primeiro minuto, me fizeram sentir muito agradecida aos meus colegas por terem tido o cuidado de prevenir, em vez de remediar.

Ontem, andámos a subir e a descer a Serra da Arrábida, para o Castelo de Sesimbra e depois para a praia. Na altura de ultrapassar descidas íngremes (vertiginosas), safaram-se melhor eles do que eu, mas tentei dar sempre o máximo, para não mostrar parte fraca e continuar a ser vista como alguém a quem recorrer em momentos de aflição. Apesar de tudo, o meu papel é tomar conta dos mais pequenos. Dito isto, o meu primeiro dia como monitora não poderia ter sido melhor, mais animado, mais tudo o que há de bom, menos tudo o que há de mau.

 

Cheguei a casa, tomei banho, comi e adormeci - de rajada.

E, durante a noite, sonhei que o Ricardo decidia que eu era uma pessoa demasiado ocupada, sem tempo livre senão para cair à cama de cansaço, e que acabava comigo por eu já não gostar assim tanto dele. Acho que o cansaço me deixa paranóica.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.