Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

"No Limite" - a série sem vergonha

 

Ainda não conhecem a série "Shameless"ou "No Limite"? COMO ASSIM, NÃO CONHECEM?

Estou a brincar... Eu também só a comecei a seguir há poucas semanas, e já na terceira temporada, que está a ser transmitida na Fox Life. Acho que, por alto, já tinha ouvido falar dela, mas não liguei às recomendações. Ainda por cima, quando a comecei a ver, pensava que era apenas mais uma série porca e sem interesse, tudo o que ela não é. 

Se tem muito sexo (violento)? Se quase todas as personagens com idade superior a 13 anos bebem, fumam, consomem droga e são depravadas de primeira? Sim, isso é certo. No entanto, estas são apenas algumas características de um enredo que envolve muito mais do que se imagina. Afinal, é impossível esquercermo-nos do amor incondicional entre irmãos, da imperfeição das famílias desfavorecidas e desfeitas que, mesmo assim, se conseguem erguer do meio da sua miséria e singrar na vida, do quanto o mais valioso que temos são as pessoas que amamos e um tecto debaixo do qual se possa construir um lar, por muito caótico que ele seja...

Mesmo que os Gallagher tenham nascido de uma mãe bipolar e ausente e de um pai bêbedo e drogado, são os irmãos mais unidos de Chicago e arredores. Tomam conta de si próprios com a ajuda da irmã mais velha, Fiona, e vão crescendo e tornando-se indivíduos íntegros, bem sucedidos e felizes (espero eu, pelo menos).

E pronto, eis os ingredientes para uma série divertida, dramática, de chorar a rir ou de rir a chorar: "No Limite". Caso tenham ficado interessados, consultem a programação da Fox Life ou assistam às mini-maratonas de fim-de-semana todos os Sábados, à hora de almoço.

 

Trailer da temporada 3:

 

6 comentários

Comentar post