Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Pequeno aparte para os meninos "daquelas" praxes

Prometes honrar o traje e os teus padrinhos?

Pretendes honrar a tua instituição de ensino, a tua comissão de praxes e a tua família?

 

Então, estuda, vai às aulas e sê produtivo para o país, em vez de andares para aí com tretas a gastar o dinheiro dos teus paizinhos e dos contribuintes. E o teu tempo. Não sei que porcaria de honra é que se dá ao traje, se não se vai à faculdade para se fazer aquilo a que ela se destina, em primeiro lugar.

 

3, 2, 1, e este comentário vai-me meter num 31.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    BeatrizCM 15.03.2015 20:47

    Olá, C*!
    Ainda bem que tens uma boa experiência de praxe para contar. Na verdade, eu experimentei a minha e assisto o ano inteiro à sua continuação. Apenas desisti de participar e este comentário tem como base o que eu vejo na minha faculdade, à atitude dos alunos. Eu sei qual é o significado e as regras do traje, sem stress! :)

    Deixo aqui o link para a tag "praxes" (realmente, é verdade, diz-se "praxe", mas assim ficou e agora já não a consigo alterar), em jeito de contextualização acerca da minha opinião.

    Beijinhos e boa continuação de vida académica para ti também!
  • Imagem de perfil

    BeatrizCM 15.03.2015 20:48

    http://fuiprocrastinar.blogs.sapo.pt/tag/praxes
  • Imagem de perfil

    Simple Girl 16.03.2015 20:38

    Provavelmente li o teu post "Universidade #5 - Praxe ou não, eis a questão!", mas como leio vários blogs este ficou meio "esquecido"...
    Ainda bem que falas com conhecimento de causa, e nem eu acreditava que falasses sem teres experimentado. Se não te identificaste fizeste muito bem e desistir dela, não vale a pensa insistir em algo que não se gosta (e isso vale para tudo na vida). E concordo plenamente com a tua última frase - "Aquilo que defendo é que, em caso de dúvida, experimentar não custa!".

    O que me irrita são aquelas pessoas que falam sem saber, que vão pelo que a comunicação social diz em vez de procurarem várias opiniões (e nós temos as duas partes da balança), e que não experimentam nem que seja por umas horas, tal como tu fizeste, de maneira a formar uma opinião com base na experiência e não naquilo que se vê, porque aquilo que se vê nem sempre é o real...

    Espero que não tenhas levado a mal o meu comentário à tua opinião... Mas reitero novamente, há praxe e praxe, há faculdades/instituições/cursos - como a minha - onde o principal são os caloiros, e depois existem faculdades/instituições/cursos em em vez de ajudarem os caloiros apenas os humilham e fazem coisas que eu não aceitaria de certeza.

    Porém isto é como tudo na vida: sem se experimentar não se sabe se se gosta ou não e por muitas opiniões que se oiça só a nossa experiência nos dirá se é bom ou não (pelo menos para nós). E sendo eu apologista da praxe digo e admito que - obviamente! - não é preciso ir à praxe para haver integração e fazer-se amigos, mas permite-me permite-me "puxar a brasa à minha sardinha", afirmo também que a praxe ajuda a fazer amigos.

    Mais uma vez beijinho e obrigada pela tua resposta
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.