Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

ai, hoje deu-me uma forte e feia!


Sim, esta sou eu e uma das minhas melhores amigas de infância a cantar um hit do Bieber. Ela é um ano mais velha que eu, mas nem assim disse que não a esta loucura. IT'S ALL OVER THE INTERNET (quase)Até gostei e teve a sua piada. Eu nunca tinha tocado esta música (fui descobrindo os acordes por ouvido) e a Cassie nunca tinha feito rap. A Érica (irmã dela), que ainda é um bocado mais nova que nós, foi a que teve mais juízo (supostamente...!) e decidiu ficar-se atrás da câmera. Na verdade, quero lá saber que a música seja do mais lame possível e que nem faça parte dos nossos gostos pessoais. Divertimo-nos imenso, como podem verificar! Nada mais importa...

a minha avó ao telefone com as amigas

Olá, então? Como vais? Olha, era só para te desejar uma boa Páscoa!...  Sim, a Beatriz vai óptima! ... Só tirou dezassetes e dezoitos! ... É, é uma menina muito querida... E não é por ser minha neta! ... É muito boa menina, sim... Ela sempre tirou boas notas, isto não é de agora! (...)


 


Se a minha avó não fosse uma exagerada, diria:


 


Olá, então? Como vais? Olha, era só para te desejar uma boa Páscoa!...  Sim, a Beatriz vai óptima! ... boas notas, claro! Alguns dezassetes, dezoitos e lá está um bocado desapontada com algumas. Ficou desolada com o 14 a Filosofia! ... É, é uma menina querida. De vez em quando lá me dá cabo da cabeça. Tenho de andar sempre em cima dela para comer! E é uma distraída. Sai ao pai! ... Mas tirando isso, sim, é uma boa menina. Para o próximo período, há-de conseguir as notas que quer!

tiazocas

Beatriz: Ai, querida, você nem viu o meu instrutor de ginástica!


Maria: Olhe que o meu é um pão!


Beatriz: Se o seu é um pão, o meu é um pão integral fatiado!


Maria: O meu é Bimbo! (pausa para reflexão) Porque é que os bons têm de ser sempre bimbos?


 


(em nossa defesa, toda esta conversa não passou de uma encenação, num momento de sanidade precária, após uma aula de Educação Física gravemente desgastante)