Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

pré-adolescência na rádio

Hoje, a programação da Cidade FM é toda sobre o Verão de 2007. Neste momento, estou a ouvir a "Push It To The Limit" do Corbin Bleu e a perguntar-me desde quando é que a Disney deixou de ser fixe e de passar na rádio. É que não foi assim há tanto tempo que rebentou o fenómeno do High School Musical! Como ele, já não se farão mais êxitos cine-televisivos nos próximos tempos. Agora, é só Lemounades Mouths, entre outros filmes  sem graça, cada um sendo a cópia do anterior. Até parece que queremos todos ser cantores e dançarinos e... patetas.

pré-adolescência na rádio

Hoje, a programação da Cidade FM é toda sobre o Verão de 2007. Neste momento, estou a ouvir a "Push It To The Limit" do Corbin Bleu e a perguntar-me desde quando é que a Disney deixou de ser fixe e de passar na rádio. É que não foi assim há tanto tempo que rebentou o fenómeno do High School Musical! Como ele, já não se farão mais êxitos cine-televisivos nos próximos tempos. Agora, é só Lemounades Mouths, entre outros filmes  sem graça, cada um sendo a cópia do anterior. Até parece que queremos todos ser cantores e dançarinos e... patetas.

masculinamente pensando

O João Manzarra tem, desde ontem, um programa ao fim da tarde na Cidade FM. E como se chama? A Hora do Manzarra (das 19h às 20h, de segunda a sexta-feira)!


Hoje, discute-se sobre mudanças de sexo por um dia. Como viveriam os animadores (e o Manzarra) essa experiência? Imitadora que sou, lá vou eu pronunciar-me sobre o mesmo tema.


 


Se eu pudesse ter pilinha durante um dia... seria épico! Por acaso, tenho bastante curiosidade em saber como funciona, ao certo, a mente das criaturas do sexo oposto. Da minha convivência com amigos, consigo entendê-la até certo ponto, algumas das suas particularidades, mas gostaria imenso de experimentar ter um cérebro que se virasse sempre para a via prática, sem as "complicações" para que o cérebro feminino tem tendência.


E como seria fazer chichi de pé? E como seria lidar com as raparigas da perspectiva contrária? O que me atrairia mais: uma mulher com bom corpo ou uma deliciosa refeição calórica gratuita? Que corpo a "experiência" me proporcionaria? Quais seriam os meus gostos pessoais em leitura, música, arte, cultura,...?


Tantas questões que nunca conhecerão uma resposta!

masculinamente pensando

O João Manzarra tem, desde ontem, um programa ao fim da tarde na Cidade FM. E como se chama? A Hora do Manzarra (das 19h às 20h, de segunda a sexta-feira)!

Hoje, discute-se sobre mudanças de sexo por um dia. Como viveriam os animadores (e o Manzarra) essa experiência? Imitadora que sou, lá vou eu pronunciar-me sobre o mesmo tema.

 

Se eu pudesse ter pilinha durante um dia... seria épico! Por acaso, tenho bastante curiosidade em saber como funciona, ao certo, a mente das criaturas do sexo oposto. Da minha convivência com amigos, consigo entendê-la até certo ponto, algumas das suas particularidades, mas gostaria imenso de experimentar ter um cérebro que se virasse sempre para a via prática, sem as "complicações" para que o cérebro feminino tem tendência.

E como seria fazer chichi de pé? E como seria lidar com as raparigas da perspectiva contrária? O que me atrairia mais: uma mulher com bom corpo ou uma deliciosa refeição calórica gratuita? Que corpo a "experiência" me proporcionaria? Quais seriam os meus gostos pessoais em leitura, música, arte, cultura,...?

Tantas questões que nunca conhecerão uma resposta!