Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

ode às dores de barriga

Oh, cintura que dói, cintura que maça,


Mais comprimidos? Ai, que desgraça!


Nem me deixas sentar correctamente... 


É-te indiferente estas guinadas que dás


Mais o desconforto que cada uma traz.


 


(as dores são demasiadas para continuar a escrever, afectando-me a parte do cérebro que tem a capacidade de inspiração para escrever coisas parvas)

não sei como

   Reparei nisto ontem à noite, enquanto via um filme de animação na televisão.


   Nos desenhos animados, as personagens não têm medo de voar. Se uma vela mágica as leva a passear até às nuvens, até à lua, se for preciso, elas não gritam, não ficam enjoadas ou tontas.


   Se tal acontecesse na vida real, em primeiro lugar (em primeiro lugar, nem existiriam velas mágicas do tamanho de uma pessoa), as pessoas esperneariam, gritariam, fariam trinta por uma linha para que não as fizessem voar. Em segundo, não sairiam à rua de pijama, em pleno Inverno, com meio metro de neve a acumular-se nos passeios. Em terceiro lugar, em jeito de conclusão, não voariam em pijama, porque, devido à deslocação do ar, o mais certo seria queimarem a pele graças às baixas temperaturas ou, não sendo tão drástica, começarem a ter sintomas de hipotermia nos primeiros dez minutos.


 


   O que a imaginação permite...!