Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

"onde estás, telemóvel?"

   Desde ontem à tarde que não sabia onde o tinha deixado. Uma vez que não sou uma pessoa de telemóvel, nem me preocupei.


   Ao meio dia e cinquenta e três, ouvi-o receber uma mensagem. Onde estás, onde estás?, perguntei, mentalmente. Vasculhei malas, casacos, armários e cadeiras, procurei no quarto, na sala e até na cozinha.


   Por fim, decidi-me a ligar de casa para o meu número. O telefone fixo dava sinal de chamada (pip... pip... pip), mas não conseguia ouvir o toque do telemóvel do sítio onde estava. Subi as escadas - talvez tivesse caído para dentro de uma gaveta ou para debaixo de um móvel qualquer. Não, não estava no quarto, não estava no escritório. Porém, ouvi-o lá fora, pelas janelas abertas. Onde estás, onde estás? Na cadeira de baloiço do jardim, debaixo do sol ameno da manhã, o aparelho a escaldar, depois de uma noite gelada, húmida e ventosa. No meio disto tudo, apenas dou graças por não ter sido ruído por nenhum dos meus seis cachorros.