Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Boas notícias para a malta do Norte!

Para algumas das pessoas que me vieram choramingar por não terem uma Primark por perto, quando abriu a loja do Colombo e eu fiz uma grande festarola por estes lados, aqui ficam as boas notícias: vai abrir uma Primark no NorteShopping ainda este semestre!

 

primark2

 

Nota: aproveitem os saldos da Primark, porque valem mesmo a pena. Tenho comprado cuecas a 0,50€ e a 0,25€, já comprei uma t-shirt a 1€, uns óculos escuros a 1,50€ e a prenda do dia dos namorados já cá canta também (muito baratinha, mas não vou dizer o que é nem quanto custou, que a criatura a quem ela se destina lê este blogue, felizmenteeee). Há botas a 8€, pijamas a 5€, calças a 4€... Enfim, já vi de tudo e traria muito mais para casa se precisasse ou tivesse mais dinheiro.

Venho por este meio expor a minha maior compulsão:

 

Estar em pausa lectiva permite-me ter muito tempo livre para ler e, já agora, para andar a passear pelas livrarias em saldos. E para os aproveitar, obviamente! É um salve-se quem puder! Eu cá já naufraguei. Para aí umas quatro vezes. Ter uma espécie de emprego novo - logo, um poucochinho mais de disponibilidade monetária - também não ajuda.

Sou muita coisa e, infelizmente, shopaholic é uma delas.

Só entrei na Primark uma vez, no Braga Park, no Verão passado. Foi amor à primeira vista - ou falta de amor ao dinheiro, ponhamos a situação nestes termos. Havia taaaaanta roupa a "tãããão" baixo preço que me passei e desembolsei logo ali cerca de 30€ (praticamente o que levava na carteira, segundo me cheira, e mais houvesse). Tenho de admitir que os meus pontos fracos são livros e roupa a preços baixos. Não é que eu seja uma fashion victim, nem nada que o valha. Mas... c'mon! Todo o rabo de saia que vocês conheçam deve adorar ir às compras e sentir que, daí em diante, nunca mais vai conhecer o drama de abrir o armário e não saber o que vestir (até à próxima época de saldos). Além disso, é da Primark que estamos a falar! É o ultimate guilyy pleasure

Por isso é que o mundo se agitou quando anunciaram que iria abrir uma Primark no Colombo, a primeira a aparecer no centro de Lisboa. Dah! E, como devem calcular, a minha pessoa já anda a agendar uma visita à dita cuja, selvaticamente inaugurada hoje, pelo que dizem. No meio de tanta fotocópia e tanto livro para ler, algum tempinho hei-de arranjar para ir (sem dinheiro ou cartão multibanco na mão, para evitar desastres). Porém, não pensem que lá vou meter os pés antes da próxima semana, vade retro! Detesto multidões e mulheres nervosas a tropeçarem em mim enquanto tentam arreganhar a última peça de roupa do tamanho 38 da prateleira! Para nervosa, já chego eu na maioria das ocasiões.

Portanto, procrastinadores deste planeta, keep calm que a Beatriz vira fera na generalidade dos centros comerciais, quanto mais numa loja low cost. Viva o capitalismo! (Só quando me convém.)

sobre as liquidações totais

Hoje, passei por uma loja que vai fechar e está a vender tudo a 70% e 90% do preço marcado. Entrei (estava tudo de pantanas e muitos dos expositores até já estavam vazios), corri para a secção dos biquínis, tirei e experimentei o modelo que melhor me ficaria e lá o trouxe para casa, muito contente e orgulhosa das compras baratinhas que acabara de fazer - também comprei um sutiã e paguei, no total, menos de cinco euros. Nisto tudo, não me apercebi que o padrão do biquíni tem, na verdade, chitas. O meu cérebro encontrava-se, no momento, inebriado pela adrenalina desse fenómeno a que chamam "saldos".