Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Prendas de Natal para o namorado - 2014

Estou decidida a colmatar a minha permanente ausência com conteúdos bestiais e que vão rebentar-vos a cabeça (em Inglês soa melhor, blowing your minds). O que interessa é que eu estou mesmo a ver o que as leitoras deste blogue querem e aposto que é uma lista de prendas de Natal para darem aos namorados. Afinal, não é o que todos os blogues prometem nesta época? Vou ajudar-vos a fazerem um brilharete!

No entanto, a minha lista é diferente de todas as outras. Além de ser realista (ou seja, apropriada para indivíduos dos 18 aos 25 anos, que querem lá saber de cachecóis, águas de toilette Calvin Klein e relógios topo de gama, ou quaisquer relógios até), é também dirigida às namoradas poupadinhas (que bem gostariam de poder comprar o último jogo de PS4, o instrumento musical que ele quer aprender a tocar, um fim-de-semana a dois em Óbidos ou uma colecção de t-shirts da Marvel), que ou precisam do dinheiro para pagar as contas ou ainda dependem dos papás. Eu sei o que é ter de procurar prendas que cumpram estes dois requisitos, pelo que considero necessário dar umas luzes a quem partilha a "luta" comigo.

Aqui vai disto!

 

1. Guias de jogos de vídeo

(Minecraft: the Official Beginner's Handbook, 9,13€ no Book Depository)

À falta dos jogos, proponho que apostem nos livros acerca dos jogos. Eles gostam de jogar e isso envolve muita técnica e táctica (digo eu). Estes guias são sempre uma escolha segura e este é apenas um exemplo.

 

2. Acessórios de informática

 Sugiro:

tapetes para o rato

ratos sem fios

adaptadores vários

colunas de som

auscultadores e fones (a sugestão de marca apresentada é apoiada especificamente pelo Ricardo)

capas para o tablet

canetas para o tablet

 

Dica: nas lojas do chinês os acessórios são mais giros e igualmente funcionais.

Dica 2: se virem que é demasiado forreta dar uma prenda de menos de 5€, façam um conjunto com vários acessórios para oferecer.

 

3. Produtos Axe

 

A Axe é provavelmente uma das melhores marcas de desodorizantes que conheço. Os coffrets (packs) também são bonitos e bastante em conta (dos 8€ aos 10€, salvo erro). No ano passado, o Ricardo até me ofereceu um coffret da edição limitada para mulher e fiquei com pena que a tivessem descontinuado. Para homem, cheira-me (ah, cheira) que os produtos Axe sejam o que as publicidades prometem: uma tentação. Sinceramente, uma lata de desodorizante de 150ml que custe cerca de 5€ não é nada cara, porque, com uma só aplicação de spray, o cheirinho fica lá o resto do dia. Também acho que os desodorizantes Axe são bons para aplicar em qualquer zona do corpo e até para substituírem o perfume. Se gostam de namorados cheirosos, Axe é a resposta às vossas preces.

 

4. Filmes, séries e CDs da Fnac

 

Sugiro particularmente a Fnac para filmes, séries e música porque tem imensos descontos em vigor antes do Natal. Além disso, mesmo sem desconto, há muita coisa que custa de 5€ a 10€ e que vale a pena. Basta procurarem com cuidado na loja para descobrirem algo que agrade à vossa cara-metade.

 

5. Chocolates Milka

Também aponto em particular para a marca Milka pela qualidade e diversidade dos chocolates e respectivos sabores (só de pensar neles, já estou a babar e a pensar em rasgar o papel de embrulho de alguns que guardei para oferecer no Natal). Apesar de não achar que valha a pena comprar as caixas de bombons (preços um tanto ou quanto puxados), as tabletes são uma óptima solução, principalmente quando se consegue encontrar descontos nos supermercados. Além disso, os chocolates Milka são tão bons que até o Ricardo, que não é assumidamente um grande admirador de chocolate, diz que com Milka é outra conversa, que para os Milka abre uma excepção.

 

Dito isto, espero ter sido útil e contribuído para um Natal com mais harmonia... e presentes que, embora não sendo muito caros, denotam que quem os oferece se preocupou com a pessoa a quem os vai oferecer. Nisso, sou uma expert!

E não, infelizmente não fui patrocinada pelas marcas para fazer lhes publicidade.

5 páginas a visitar no Facebook

Há que teeeeeeeempos que estou para escrever esta publicação, por isso vamos lá com isto pr'á frente! Apesar de não ser uma das piores viciadas em redes sociais, mesmo no que toca ao Facebook, sigo regularmente algumas páginas que ou pertencem a blogues ou são simplesmente coisas engraçadas e divertidas, que publicam conteúdos interessantes, sem deixarem de ter o seu "quê" de entretenimento.

Assim, esta lista destina-se principalmente a pessoas que, tal como eu, têm as suas prioridades virtuais definidas e, lá porque procrastinam, não quer dizer que o façam sem qualidade ou lógica.

 

 

As minhas 5 páginas favoritas no Facebook

 

1.

 

 

9GAG - quem segue a página de Facebook deste mesmíssimo blogue em que se encontra de momento, já deve ter notado que costumo partilhar imensas imagens da autoria do 9gag, originalmente um site humorístico. Não interessa qual a nossa idade, profissão, interesses, expectativas... o 9gag quase de certeza que há-de ter qualquer coisinha que nos agrade, um meme, uma frase, uma imagem, um comentário, you name it.

 

 

2.

 

 

Humans of New York - este projecto é um dos que mais me fascina. Tendo começado apenas por uma ideia, o fotógrafo Brandon Stanton encarregou-se de catalogar fotografias e histórias dos habitantes de Nova Iorque desde 2010. No entanto, graças a um convite da ONU, tem feito uma World Tour de Agosto a Setembro deste ano, no âmbito da qual já visitou países e retratou pessoas na Ucrânia, no Vietname, no Sudão, no Iraque, no Quénia... E a lista continua! Acompanho diariamente as novas fotografias e histórias na página de Facebook e acabo sempre por partilhar imensas, tanto no meu perfil pessoal quanto na página do blogue, por as achar tão inspiradoras. É curioso que, apesar das diferenças culturais e étnicas, o trabalho de Brandon Stanton consiga retratar tão bem o que todos estes indivíduos têm em comum: são humanos. As suas aspirações, medos e vidas acabam sempre por se relacionar umas com as outras, seja como for.

 

 

3.

 

 

Mashable - tomei conhecimento acerca do site Mashable por ter imensos artigos acerca de copywriting, ou seja, aquilo em que normalmente trabalho. Contudo, este é um site que sugere conteúdos acerca de tudo e mais alguma coisa, mesmo que foque com maior frequêcia o mundo dos media, das tecnologias e da Internet. Até fofocas sobre celebridades se encontram por lá! Por isso, seguir a respectiva página de Facebook permite-me estar actualizada acerca das novas publicações - ou, pelo menos, grande parte delas, já que são tantas e tantas e tantas!

 

 

4. 

 

 

Portuguese Sayings - a ideia desta página é valorizar a língua portuguesa, principalmente no estrangeiro. Pelo menos, é essa a ideia que é dada, uma vez que o seu conteúdo principal é a criação de wallpapers com traduções super-hiper-mega literais de provérbios portugueses para a língua inglesa. E quem não entender a intenção... well, unshit yourself!

 

 

5. 

 

O Sagrado Caderno das Piadas Secas

 

O Sagrado Caderno das Piadas Secas - gostam delas curtas e grossas, directas ao assunto e muito, muito secas? Estou a falar de anedotas, claro, principalmente as desta sagrada página, como o nome indica. Por vezes abusam e tocam em pontos intocáveis em termos religiosos e culturais, mas a maior parte das vezes adoro as piadas que publicam.

 

 

E pronto, eis mais uma ajudinha para uma procrastinação saudável. É provável que em breve encontrem por aqui a continuação desta lista de melhores páginas a visitar no Facebook, mas por enquanto vão-se distraindo com estas.

Publicidade pela qual não serei remunerada

Ah e tal, o Natal está quase aí e nenhum de vocês está para gastar muito dinheiro em prendas. Melhor: nenhum de vocês ainda se atreveu sequer a ir comprar o que quer que fosse, com medo do dinheiro que terá de largar. Pois bem, aqui estou eu para alimentar o espírito natalício consumista! Ou, dependendo das perspectivas, para o aliviar!
Ontem, fui à procura de potenciais presentes para a família e tive, não sei se a sorte, se o azar, de encontrar os que acabei por comprar para as minhas amigas. Parei na H&M; já tinha visto a maioria das lojas do centro comercial e não se encontrava nada cuja qualidade fosse proporcional ao preço, excepto os bombons "I Love Milka", que custavam um euro e qualquer coisa (mas eu nunca ofereceria a ninguém uma caixa com tão poucos chocolates, pois o receptor da prenda correria sempre o risco de ficar sem parte dela à pala da minha gulodice). A H&M tem uma grande variedade de produtos de beleza, perfumes e bolsas para rapariga desde 2,89€ que valem realmente o que custam. Mesmo os de 3,89€ não são nada maus. São presentes bonitos, cheirosos e, pelo que me pareceu, de qualidade. Como não estamos em época de gastar ao desbarato em prendas, o importante é mostrarmos que não nos esquecemos de quem se lembra sempre de nós, por muito que nos doa na carteira (na nossa ou, ainda pior, na dos nossos pais!).
Para o desapontamento de alguns, não vou poder mostrar o que comprei, uma vez que as amigas a quem oferecerei as tais prendas lêem o blogue. No entanto, se a minha não-requisitada opinião vos interessar, o que encontrei de melhor na H&M foram as bolsas de renda (2,89€), os frascos de perfume pequenos que vêm dentro de umas latinhas práticas para se terem dentro da mala (também a 2,89€) e as bisnagas douradas e pretas de loção corporal (3,89€).


A mim, ainda me falta comprar a prenda para a minha melhor amiga. Sem serem cosméticos, perfumes, peluches ou molduras, e partindo de um orçamento muito limitado, têm sugestões?