Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

Procrastinar Também é Viver

Blogue sobre trivialidades, actualidades e outras nulidades.

O que eu penso sobre viver na Tailândia 🏡

01.09.17 | BeatrizCM | comentar
Há tanto de diferente e tanto de igual na Tailândia, quando me lembro de Portugal. No entanto, voltaria já a Portugal sem olhar para trás, caso houvesse essa oportunidade, neste preciso minuto. Ainda assim, vamos lá continuar este semestre e logo se verá. Viver na (...)

O que dizer do novo videoclipe da Taylor Swift?

28.08.17 | BeatrizCM | ver comentários (1)
E, agora, um texto mais descontraído na ordem do dia (ou da noite, escolham o vosso fuso horário)...   Para variar, tudo o que esteja remotamente relacionado com a Taylor Swift há-de ser controverso. No entanto, eu gosto tanto, tanto da rapariga! É certo que já gostei (...)

Para os amantes dos cães, com carinho

11.06.15 | BeatrizCM | comentar
É impossível não nos derretermos com esta doçura. Sentimo-nos quase a engolir o nosso próprio coração. Ter um cão é sofrer todas as atrocidades consequentes, como cocós e chichis no meio da cozinha, nos pés dos sofás, restos de água e de baba pelo chão, nunca (...)

Justin Timberlake vai ser pai

01.02.15 | BeatrizCM | ver comentários (4)
Acendamos um monte de velas em nome da nossa adolescência, pois Justin Timberlake, que completou ontem 34 anos (já??? como assim???), vai ser pai. A criancinha vai ser multi-talentosa: cantar como pai, representar como a mãe (a actriz Jessica Biel) e ser uma brasa como (...)

"The feels"

25.01.15 | BeatrizCM | comentar
 Tão boniiiiiiiiiiiiiiiiiiitoooooooooooo! Já agora, Rachel+Sam? Tenho de me pôr a par dos desenvolvimentos da nova temporada.

Ia-te à espinha, Nick Jonas!

30.11.14 | BeatrizCM | comentar
Não costumo apreciar tipos todos puffed, mas, vamos lá ser sinceros... O Nick Jonas está crescidinho. Continua a cantar bem e a ter aquele ar de criança traquina, a mexer bem a anca (uépáááá!). E pronto, as primeiras pancadas batem sempre muito forte (um (...)